Concurso Polícia Civil RJ: mais de 800 vagas autorizadas!

Foi publicado no DOE-RJ documento que indica o quantitativo de vagas por cargo.

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro irá publicar novos editais de concurso público em breve (concurso Policia Civil RJ). As vagas serão para provimento no quadro permanente das ocupações de Delegado, Inspetor de Polícia, Investigador de Polícia, Perito Legista, Perito Criminal, Técnico de Necropsia e Auxiliar de Necropsia.

De acordo com informações apresentadas pelo secretário da corporação, o delegado Marcus Vinícius Braga, a previsão é de que todos os editais sejam publicados até dezembro e ainda afirmou que será lançado um certame para cada cargo.

Leia aqui todos os detalhes para você ficar por dentro de todas as informações apuradas sobre o novo concurso.

Situação atual

Das sete carreiras previstas, o primeiro edital que pode ser publicado é para o cargo de Delegado, a qual o processo está mais adiantado.

Confira os andamentos dos processos e situações do novo concurso da corporação.

Vagas autorizadas

Anteriormente, o governador do Estado já havia anunciado e assinou documento com autorização para a realização dos novos concursos públicos com oferta de 1.000 vagas distribuídas para diversas áreas de todas as escolaridades. Porém, foi publicado na edição do dia 11 de novembro de 2019, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, uma nova autorização com 864 vagas.


Além do Diário, a corporação divulgou, no mesmo dia, nas redes sociais a relação de oportunidades. Veja abaixo:
concurso polícia civil rj


ESCOLARIDADE PARA INVESTIGADOR

Um dos assuntos que foi destaque nas últimas semanas sobre a realização de um novo concurso público foi sobre a alteração de requisito para ingresso no cargo de Investigador. A mudança foi solicitada por parlamentares.

Contudo, o governo estadual e o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro julgaram a ação inconstitucional. Com a decisão do tribunal, o ato foi anulado. Por meio das redes sociais, a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, confirmou que será mantida a escolaridade de nível médio.


ETAPAS CONFIRMADAS

No mês de agosto, a diretoria da Academia de Polícia Sylvyo Terra (Acadepol), por meio de representante, delegada Renata Teixeira, anunciou as etapas que irão compor o certame. O vídeo foi divulgado nas redes sociais da Polícia Civil RJ.


Primeira Fase

- Prova de conhecimentos,
- Exame médico,
- Exame psicotécnico e
- Teste de aptidão física.

Segunda Fase

- Curso de Formação Profissional (curso teórico e prático sobre as condutas na carreira).

BANCA EM DEFINIÇÃO

O processo de escolha da banca organizadora para a seleção de Delegado e para os outros cargos já está em andamento.

Pode ser que a Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisa e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Fundação Ceperj) organize os certames, pois de acordo com o presidente da instituição, Pedro Castilho, a empresa é a mais cotada para organizar já que a corporação procurou a Ceperj para tratar sobre o assunto.


COMISSÃO DO CONCURSO

No dia 1º de julho foi publicado, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, a relação de membros da comissão organizadora do próximo concurso da corporação.

Veja na imagem:

Concurso Polícia Civil RJ: comissão organizadora.

NECESSIDADE DA SELEÇÃO

O general Richard Nunes, novo secretário de Segurança do Rio de Janeiro, defende que é necessário realizar concursos anualmente para as Polícias Civil e Militar do Estado.

Na cerimônia de convocação dos 1.380 aprovados no último concurso PM RJ, o general comentou que o fortalecimento das instituições de segurança vem com o ingresso de novos candidatos. Nunes ainda declarou, “melhor contratar pouco a cada ano do que muitos de uma vez só”.

A Polícia Civil RJ apresenta diversos problemas estruturais, além de grave carência de efetivo. Em toda a corporação, o déficit chega a 15 mil agentes. Somente na carreira de delegado, há 233 postos vagos na terceira classe.


Remunerações e benefícios

O cargo de Auxiliar de necropsia tem remuneração de R$ 4.174,34. Para Técnico de necropsia, a remuneração é de R$ 4.885,31.

Para o cargo de Inspetor e Investigador a remuneração inicial para Inspetor é de R$ 5.809,58.

A remuneração inicial para a carreira de Perito é de R$ 7.827,33, já o cargo de Delegado é a carreira com maior remuneração inicial no valor de R$ 18.157,73.

Todos os valores das remunerações indicadas já incluem o auxílio-alimentação.

 
Concurso Polícia Civil RJ Delegado

Segundo o chefe da corporação, o processo para o certame de Delegado está mais avançado. Em primeiro de julho, por exemplo, a Polícia Civil já divulgou os nomes dos membros da comissão examinadora.

O grupo dividido entre titulares e suplentes será responsável pelo conteúdo programático, elaboração de questões e outros serviços.

Os suplentes irão atuar substituindo os titulares em eventuais impedimentos. Conheça abaixo as disciplinas com comissão examinadora formada:

- Direito Administrativo,
- Direito Constitucional,
- Direito Civil,
- Direito Penal,
- Direito Processual Penal e
- Medicina Legal.

Veja na imagem abaixo os nomes:

Concurso Polícia Civil RJ delegado: banca examinadora.

A expectativa é que após a seleção da banca organizadora, o primeiro edital para delegado seja lançado em até 45 dias.

Do total, 47 oportunidades serão para o cargo de Delegado, enquanto as outras 817 vagas serão distribuídas entre os cargos acima mencionados.

Cargos e vagas

Conforme uma publicação em rede social oficial da corporação, os novos certames previstos pela Polícia Civil ofertarão vagas para sete carreiras dentro da corporação.

Do total de 864 vagas, os editais distribuirão o quantitativo do seguinte modo:


CARGOS

  VAGAS

Delegado de Polícia

47

Perito Legista

54

Investigador de Polícia

118

Inspetor de Polícia

597

Perito Criminal

20

Técnico de Necropsia

16

Auxiliar de Necropsia

12


Carreira

Leia abaixo os requisitos específicos para ingresso em cada cargo e as atribuições conforme a Lei nº 3.586/2001.


Requisitos

Delegado de Polícia

Possuir, até a data da posse, diploma de graduação em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação ou certidão que comprove ter colado grau no referido cursos, e nesse caso, acompanhando de documento comprobatório de estar sendo providenciado o registro do diploma.


Perito Legista
Diploma de médico, odontólogo, farmacêutico ou bioquímico, devidamente registrado.


Investigador de Polícia
Diploma de ensino médio ou equivalente, habilitação técnica inerente à rádio operador e noções de fotografia.


Inspetor de Polícia
Possuir, até a data da posse, diploma de curso superior, assim definido em lei, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação ou certidão que comprove ter colado grau, e nesse caso, acompanhado de documento comprobatório de estar sendo providenciado o registro do diploma, na forma da lei.

Quando exigíveis do candidato conhecimentos técnicos especializados, será exigida, por ocasião da inscrição, também, habilitação técnica inerente à especialidade, devidamente registrada.


Perito Criminal
Diploma de curso superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química, Economia, Ciências Contábeis ou Agronomia, devidamente registrado.


Técnico de Necropsia
Certificado de conclusão de curso de nível médio (antigo 2º Grau) expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da  Educação (MEC) ou declaração comprobatória da respectiva conclusão.


Auxiliar de Necropsia
Certificado de conclusão do ensino fundamental, ou equivalente, devidamente registrado.


Atribuições

Delegado de Polícia
Zelar pela segurança do Estado e de sua população, concorrer para a manutenção da ordem pública, assegurar a observância da lei, defender as instituições públicas e outras funções previstas em legislação.

Perito Legista
Exercer atividades de nível superior envolvendo a supervisão, planejamento, coordenação, controle, orientação e execução de perícias médico-legais, no vivo e no morto e exames decorrentes, bem como estabelecimento de novos métodos, técnicas e procedimentos de trabalho, em qualquer órgão da PC-RJ, compatível com as suas atribuições.


Investigador de Polícia
Exercer, com autonomia ou sob supervisão, coordenação e orientação superior, atividades de natureza qualificada, compreendendo a execução de trabalhos relacionados ao transporte de autoridades, garantindo-lhes a segurança, a condução de viaturas policiais, ostensivas ou não, a conservação de veículos sob sua responsabilidade, em qualquer órgão da Polícia Civil, bem como, inclusive as emanadas  de Oficiais de Cartório Policial e Inspetores de Polícia, investigações e operações policiais, com vistas à prevenção e à apuração de condutas que caracterizem ilícitos penais.


Inspetor de Polícia
Exercer atividades de nível médio, envolvendo supervisão, coordenação, orientação, controle e chefia de equipes de policiais civis, bem como assistência às autoridades superiores, em assuntos técnicos especializados e fiscalização de trabalhos de segurança, investigações e operações policiais. Além disso, exercer a segurança das autoridades, de bens e serviços ou de áreas de interesse de segurança interna e demais atividades a que for designado.


Perito Criminal
Exercer ações de nível superior que envolve supervisão, planejamento, estudos, coordenação, controle, orientação e execução de perícias criminais em geral, observadas as respectivas especialidades, bem como o estabelecimento de novas técnicas e procedimentos de trabalho, em qualquer órgão da Polícia Civil.


Técnico de Necropsia
Exercer atividades de natureza repetitiva relativa à execução de trabalhos operacionais – complementares, na área de anátomo-patologia, abrangendo a realização de necropsia e dissecação de cadáveres, sob supervisão direta de Peritos Policiais, bem assim conservação do material técnico, em qualquer órgão da PC/RJ, compatível com suas atribuições.


Auxiliar de Necropsia
Exercer atividades de natureza repetitiva relacionada à remoção, lavagem e asseio de cadáveres, limpeza e conservação de necrotérios, em qualquer órgão da Polícia Civil. Também exercer outras atividades que forem definidas por lei ou por outro ato normativo.